3 de julho de 2014

Resenha: Memórias de um Sargento de Milícias


Primeiramente,eu gostaria de agradecer á todos os leitores que me deram apoio sobre as minhas mudanças e o acompanhamento do blog na minha vida. Vocês são muito importantes nisso,porque vocês de certa forma me incentivaram a escrever aqui.Eu agradeço á Deus e á vocês.
Alguns dias atrás eu estava muito interessada em ler alguns clássicos da literatura brasileira. O primeiro clássico que li foi Dom Casmurro,que até fiz uma resenha aqui no blog sobre ele, gostei bastante. O segundo que li foi Memórias de um Sargento de Milícias,e resolvi trazer a resenha sobre ele hoje.

Mas desde já,eu os alerto:Pode conter Spoiler.



Título: Memórias de um Sargento de Milícias
Título original: Memórias de um Sargento de Milícias
Autor: Manuel Antônio de Almeida
Páginas: 112
Ano: 2012
Tradutor: --
Editora: Avenida Gráfica

"Memórias de um Sargento de Milícias é um livro que é considerado um dos clássicos brasileiros mais famosos.Uma das razões disso,é por fazer referência á época imperial.A obra mostra boa parte da vida de Leonardo,desde sua infância,até a fase adulta.Quando pequeno,seus pais se separaram e o deixaram á cuidado de seu padrinho,que quis que Leonardo se tornasse pastor,mas ele sempre foi um garoto de se meter em encrencas.
Seu pai era um homem que se envolvia com mulheres frequentemente,e Leonardo acabou puxando isso dele,fazendo com que se envolvesse em muitas intrigas.

A obra é estruturada em 25 capítulos que são narrados em 3ª pessoa, o autor utilizou uma narração psicológica,pois ele contou toda a estória que já havia acontecido.Os personagens não são colocados da forma em que saibamos verdadeiramente suas personalidades.A linguagem é compreensível,porém,apesar das poucas páginas,é uma leitura que demora a ser compreendida.Diferentes fatos entram á todo o instante,o que faz com que o livro se torne cansativo.

O livro não superou minhas expectativas. Na verdade,nem chegou perto delas.Pois,a leitura foi meio cansativa e o enredo foi sendo atrapalhado por vários fatos desnecessários,que deixaram a leitura meio confusa,o que não me prendeu na estória. Além disso,os personagens não me cativaram nem um pouco,não pela leitura ser em 3ª pessoa mas,por nenhum deles receber a atenção que deveria e por não serem mostradas de fato suas ações.Mas, não estou dizendo que o livro é de todo,ruim.A vida de Leonardo,por ele ser o personagem principal foi bem esclarecida,e deu para entender as partes principais,porém,o personagem deveria ter tido mais atenção.No mais,recomendo que você leia o livro e tire suas próprias conclusões."

Resenhado por: Ester Macedo

Leitores,gostaria de alertá-los que cópia é crime.Portanto,se algum de vocês for postar esse ou outros conteúdos do blog em algum lugar,coloque os créditos(local de onde tirou).

 Minhas Redes Sociais: Instagram Twitter Facebook

9 comentários:

  1. Parece ser um livro muito bom e interessante.
    Beijos | www.doseujeito.tk

    ResponderExcluir
  2. Eu queria muuito ler esse livro, mesmo não gostando muito de gênero. Na verdade, ele me pareceu ser beem forte, haha. Também conta muito o que você falou sobre a narração ter sido meio cansativa e ainda por cima da terceira pessoa, eu particularmente prefiro livros narrado na primeira pessoa, até porque o livro é memórias de um sargente, mas tem que aceitar, né, rs. E quanto ao fato de ser cansativa, isso me desanima muito. Mas talvez ainda dê uma chance ao livro.
    Amei a resenha! Beijocas! Fique com Deus!
    http://hey-mygod.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade,acho que a narrativa em 3ª pessoa,fez com que o livro ficasse mais cansativo ainda. Beijos,Obrigada!

      Excluir
  3. Tive que ler esse livro esse ano, porém n cheguei a termina-lo. Achei a leitura bem cansativa tbm
    fashionemcores.com

    ResponderExcluir
  4. Vixe!
    Tenho esse livro aqui ainda da época da escola. Já tentei ler milhões de vezes e não consigo continuar. Também não me prendi nos personagens e dizer que ela é cansativa é pouco. kkkkkkkkkkkkk
    Não é todo clássico nacional que funciona comigo.

    bjus
    terradecarol.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. Ótima resenha, bem estruturada e desenvolvida. Eu já ouvi falar do autor e do livro quando estudei o Romantismo Brasileiro. Se não me engano, essa obra foi considerada como o início do Realismo. Antônio de Almeida ou Manuel Antônio de Almeida foi realmente um grande escritor brasileiro. Não tinha pensado em ler essa obra dele, mas sem dúvidas agora quero. Já li Cinco Minutos de José de Alencar, também um grande clássico, te indico, é muito bom!

    ACESSO PERMITIDO: ♥
    http://acessopermitidoblog.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Esse livro é super recomendado para vestibular, mas, sinceramente, não tenho a mínima vontade de ler clássicos (espero mudar de opinião logo), além, de Dom Casmurro que me chama bastante atenção, porém, ainda não tive a oportunidade de ler.
    Beijos, http://cupcakedegarotas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Não apenas acesse o blog,dê também sua opinião.Comente! Isso é muito importante para que possamos fazer cada vez mais melhorias.
OBS.: ¹Os comentários são enviados para aprovação,ou seja,todos serão lidos antes de serem aprovados e publicados. ²Nem todos os comentários serão respondidos.³Não serão aceitos comentários ofensivos.